A regra do jogo ou o jogo sem regra?

Muito bem, pessoal!

Agora é oficial. Na F1 removeram de vez a cláusula no regulamento que falava sobre a possibilidade de punição aos times e pilotos que praticassem o jogo de equipe em favorecimento próprio e detrimento do esporte.

Como é característico da democracia, houve pontos de vista diferentes sobre o assunto entre o pessoal que compõe o paddock, e neste caso vale ressaltar os comentários dos dois extremos; Ferrari e Red Bull.

Para Christian Horn, chefão esportivo que lidera a Red Bull Racing, em nada interfere esta cláusula pois a equipe sempre privilegiou o esporte com a política de “que vença o melhor dentro das pistas”.

Já a polêmica e reincidente postura Ferrari construída na última década que se baseia no “não importa como, nós precisamos é vencer”, tem motivos para celebrar como se fosse uma vitória. E de fato assim é. Stefano Domenicalli, o chefão esportivo da Scuderia Ferrari, declarou abertamente que a decisão foi acertada e que é preciso deixar a hipocrisia de lado. Com isso a Ferrari tem agora total liberdade pra falar pelo rádio “saia da frente”. Inclusive tudo indica que agora os rádios estão mais abertos do que nunca durante as transmissões. É o que diz a FOM (Formula One Management)

Aí eu faço a pergunta que não quer calar: O Massa vai ter alguma chance em 2011?

A resposta pra mim é clara: Agora ele se ferrou de vez. Já era. Sem chances a não ser que os pneus Pirelli façam muita diferença a seu favor, mas aí o Alonso vai achar um caminho durante a temporada e vai se recuperar. Acho que é o fim de Massa na Ferrari. Infelizmente.

Abraços!

😉

 

 

 

 

Anúncios

Um pensamento sobre “A regra do jogo ou o jogo sem regra?

  1. Samuel disse:

    Agora é que o Massinha senta de vez no colinho do Alonsito. A única chance do Massa é andar com regularidade na frente do Alonso, o que é bem dificil pra nao dizer quase impossivel. Em 2012,(como bem opinou o Fabio Seixas) será melhor para o Massa mudar de ares e ir procurar outra equipe. Depois desse ano eu sou torcedor de carteirinha da redbull, pela filosofia de trabalho e por garantir a nós telespectadores e amantes da F1, a disputa justa como ela deve ser de uma modalidade que se considera um esporte.

    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s